Atentado em Paris

Foi impossível começar o programa de hoje sem falar do final de semana de dor, de comoção, e principalmente de muita reflexão. Quero falar aqui também. Os atentados em Paris nos chocaram, mas também nos chamaram a um despertar. A nossa humanidade tem feito um caminho de auto destruição há alguns anos e porque não dizer há milênios. Nosso distanciamento da verdade e do amor tem tirado de nós a capacidade de sermos felizes e, por todos os lados vemos desgraças …. Me comovo pela dor da humanidade sim. E dói de verdade. Parisienses, vítimas dos atentados, sírios vítimas da agressividade de um imperialismo bárbaro, palestinos e israelenses em anos de confrontos e guerra,  nordestinos, mineiros…. brasileiros vítimas da ganância e corrupção, africanos morrendo de fome…. Enfim, cristãos, muçulmanos, judeus…. Todos…. Nós todos, todos gente! Estamos nos matando e estamos nos perdendo e precisamos urgente de um clamor. Precisamos de um despertar. Precisamos sair do mal. Digo isso porque me lembro agora da passagem de Jesus nos ensinando a orar. E na oração do Pai Nosso, aprendemos a dizer: “não nos deixeis cair em tentação mas livrai-nos do mal.”
Nesses momentos eu tenho a sensação de que a humanidade caiu na tentação e jaz no maligno. Precisamos despertar!!! O meu clamor hoje ( eu gostaria que fosse o clamor de todos nós) é  para que a gente se volte para Deus e que a gente acorde. A sensação é que estamos adormecidos no mal. Vamos repensar….. Onde estão os nossos valores? Aonde está o amor que nos gerou?
Gente, diante das mortes, das desgraças e de tantas perdas, Não existe pátria, não existe povo, não existe religião, Não existe raça…. não existe ninguém diferente de ninguém. Somos humanos e o meu desejo agora é que voltemos a  viver como irmãos, somos filhos do mesmo pai.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*
*
site